Como se cadastrar para ser mesário voluntário 2020

Para muitas pessoas, ser mesário é uma das tarefas mais torturantes das eleições. A cada quatro anos, os escolhidos para essa tarefa passam seu dia, a contragosto, organizando todo o pleito, orientando os eleitores e exercendo todas as tarefas comuns da função.

Mas, para algumas pessoas, ser mesário é uma honra. Tanto que muitos buscam informações sobre como se tornar um mesário voluntário e contribuir para o bom andamento das eleições.

Mesário voluntário

Os eleitores que desejem contribuir durante o dia das eleições podem se candidatar ao posto de mesário voluntário. A iniciativa foi criada em 2004, pelo Superior Tribunal Eleitoral, e tem como objetivo estimular a participação dos eleitores e retirar o estigma que ainda paira sobre o posto de mesário.

Para quem deseja se cadastrar para ser mesário voluntário 2020, o primeiro passo é preencher um formulário, no site do TRE (acesse esse link: http://www.tre-sp.jus.br/eleitor/mesario/ficha-de-inscricao). Aqui, o eleitor deve fornecer o número de seu título de eleitor.

Quem não possuir acesso à internet poderá se dirigir diretamente a seu cartório eleitoral (o mesmo onde seu título de eleitor foi expedido pela primeira vez – acesse a lista de endereços aqui: http://www.tse.jus.br/eleitor-e-eleicoes/servicos/cartorios-e-zonas-eleitorais/pesquisa-a-zonas-eleitorais).

Depois desse processo, a inscrição será analisada pelo Tribunal Regional Eleitoral de sua cidade. Caso seja aprovado, o nome do interessado será anexado à de mesários “convencionais”. O voluntário poderá ser chamado sempre que necessário.

Estudantes universitários também podem se inscrever para ser mesários voluntários das eleições 2020. Neste caso, graças a um convênio firmado entre as universidades e a Justiça Federal, o trabalho nas eleições poderá ser contabilizado como atividade extracurricular.

Em seguida, passarão por treinamento que os capacitarão a exercer as atividades do dia da votação, como a identificação do eleitor, ligar a urna eletrônica e encerrar a votação.

Caso o mesário voluntário desista de prestar esse serviço deverá informar ao cartório eleitoral sua decisão de não participar de futuras eleições nesse posto.